Temos que passar a acreditar em milagres’, diz senador Maranhão ao lamentar que não há o que se comemorar na gestão Bolsonaro

15 abr 2019

 

Não há o que se comemorar”. Foi essa a justificativa dada pelo senador José Maranhão, do MDB da Paraíba , para desfalcar a solenidade que marcou os 100 dias da gestão Bolsonaro. Segundo o parlamentar, que no Estado ficou conhecido como “mestre de obras”, a situação do país é preocupante

“Não se sabe muito sobre o futuro. Eu, particularmente, estou preocupado. Eu torço para que o governo Bolsonaro dê certo. Eu votei nele no segundo turno. Mas, do jeito que vai, temos que acreditar num milagre. Não sei quem o aconselha. Dizem que são os filhos. Mas, esse governo não tem um plano, um projeto, um planejamento para dar esperanças ao povo e criar um elã na sociedade, como JK teve com seu plano de desenvolvimento econômico”, disparou.

As declarações do senador repercutiram nesse final de semana, no jornal Correio da Paraíba.

[related_post]