Mais de 97% dos municípios paraibanos têm gestão educacional ineficiente

14 jan 2019

Segundo o Atlas da Eficiência da Gestão Municipal da Educação 2018, lançado em Brasília (DF), 97,6% do total de municípios paraibanos analisados, a gestão da educação é classificada como ineficiente no ensino fundamental. Foram analisados 204 municípios. 14 municípios não dispõem de informações na publicação.

Apenas cinco municípios (2,4%) são eficientes em termos de gestão educacional nessa mesma etapa da educação básica. Dos 204 municípios considerados ineficientes, 45 (22%) têm ineficiência moderada; 116 (56%) apresentam ineficiência crítica; e 43 (21%), ineficiência extrema.

O Atlas, que conta com o apoio institucional da Universidade de Brasília (UnB), compara a gestão pública entre municípios de um mesmo estado, traduzindo-a em números e permitindo verificar quais são mais ou menos eficientes em diferentes setores. No caso da Educação, são observados critérios como valor investido por aluno, retenção escolar, aprovação e proficiência.

A coleção Atlas da Eficiência foi pensada como um instrumento para orientar os gestores públicos com parâmetros a fim de que possam melhorar o desempenho e o atendimento à população em áreas cruciais.

Paraiba todo dia

[related_post]