Estudante revela horror de agressão sofrida por ex-namorado no México

9 ago 2018

Na semana em que a Lei Maria da Penha completa 12 anos, a TV Correio trouxe uma entrevista exclusiva que mostra o quão longe as mulheres estão de proteção. A estudante de Odontologia Géssica Oliveira, da cidade de Patos, Sertão paraibano, desabafou sobre violência sofrida recentemente, em uma viagem para Cancún, no México.

Brasil tem mais de 10 mil casos de feminicídio pendentes na Justiça
Ela estava acompanhada do então namorado, o dentista Rodrigo Ferreira. Segundo a jovem, ele demonstrou ciúmes excessivos e a agrediu fisicamente. Géssica relatou que precisou de ajuda da polícia federal do México e de funcionários do hotel onde estava hospedada para voltar à Paraíba com segurança. Até mesmo funcionários do aeroporto e comissários do avião teriam sido avisados sobre a situação e alertados para a necessidade de manter as atenções voltadas para Géssica, uma vez que Rodrigo voltava no mesmo voo.

Géssica e Rodrigo namoravam há um mês (Foto: Reprodução)
Ainda de acordo com o relato da estudante, de posse do celular dela – tomado à força – Rodrigo espalhou boatos de que ela seria garota de programa e mantinha relacionamento com mais seis homens.

Géssica contou também que, mesmo de volta à Paraíba, continua recebendo ameaças do agora ex-namorado. De acordo com ela, o dentista usou números de telefone e perfis em rede social diferentes para manter contato com ela. Uma medida protetiva impede que Rodrigo chegue perto de Géssica. Abaixo, assista à entrevista que ela concedeu com exclusividade à TV Correio:

Outro lado
O dentista Rodrigo Ferreira não quis gravar entrevista com a TV Correio. Em nota, o advogado dele disse “lamentar que o caso em questão esteja sendo usado por algumas pessoas para ganhar visibilidade em detrimento da imagem do doutor Rodrigo Ferreira, profissional reconhecido e pessoa de conduta ilibada” e que “na instância e no momento oportunos, ele trará sua versão esclarecendo a verdade dos fatos”.

[related_post]