Desencontro de informações marca anúncio de que PB teria mais um nome na equipe de Bolsonaro

9 jan 2019

Um desencontro de informações marcou nesta terça-feira (8) o anúncio de que a Paraíba teria mais um nome na equipe do presidente Jair Bolsonaro.

De um lado o deputado federal eleito Julian Lemos (PSL) confirmou que, sim, Morgana Macena vai compor a equipe do Ministério da Mulher e Direitos Humanos. Do outro, uma mensagem oficial da assessoria de comunicação do órgão foi categórica: “no momento não confirmamos a informação”, diz mensagem enviada por email ao Jornal da Paraíba.

Julian falou com o Jornal da Paraíba por telefone, apressadamente e justificando que  estava no meio de um compromisso. Por isso, disse não poder dar detalhes de qual será o cargo da paraibana nem quando deve acontecer sua nomeação, mas garantiu que ela vai exercer cargo diretamente ligado à ministra Damares Alves.

Morgana Macena é pastora, odontóloga, sanitarista, com especialização em Saúde Pública. Segundo Julian,ela está credenciada para o cargo por seu currículo. “Esqueça que ela é pastora, ela [vai ocupar o cargo porque] é uma cientista que tem um currículo extraordinário”, diz.

Morgana tem 57 anos e foi candidata ao cargo de Deputada Federal pelo PSL em 2018, recebendo 6.128 votos, o que equivale a 0,31% dos votos válidos, mas não foi eleita. Ela também foi candidata a vereadora de Cabedelo em 2016 e estava cotada para se candidatar à prefeitura da cidade na eleição suplementar que está marcada para março deste ano.

Leia mais no Jornal da Paraíba

[related_post]