Clima de cidade paraibana favorece o cultivo da maconha

19 fev 2019

A Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace Esperança) comemora um ano de escritório em Campina Grande. A organização atende 92 pessoas na cidade e distribui os produtos para campinenses e pessoas dos municípios próximos.

Das 92 pessoas atendidas, 27 recebem com isenção de pagamento. Até agora, foram retirados 367 óleos, 28 pomadas e 15 sprays.

Atualmente, é realizada uma média de sete cadastros mensalmente, com cerca de cinco atendimentos por dia, além das informações passadas por telefone.

De acordo com a entidade, a expectativa para o futuro é aumentar os números, onde Campina Grande terá uma participação importante nesse crescimento. A Abrace Esperança pretende usar o clima da cidade para multiplicar o cultivo de cannabis.

O diretor executivo da Abrace Esperança, Cassiano Teixeira, explicou que por isso a cidade se tornou de extrema importância. Tem muitas pessoas precisando de atendimento e a nova plantação vai garantir estes novos tratamentos.

“A importância é trazer o acesso e garantir o maior número de pessoas através de um plantio maior nesse ambiente, para que a gente possa atender mais pessoas. A gente precisa trabalhar com maior cultivo e Campina é propícia para esta plantação”, contou Cassiano.
Campina Grande está no semiárido, ambiente ideal para a plantação.
MaisPB

[related_post]