Cassio atribui derrota ao governismo do eleitor nordestino

7 jan 2019

Em entrevista concedida à Rádio Arapuã no início da tarde de hoje (3/1), o senador pelo PSDB até o fim do mês, Cássio Cunha Lima, atribuiu a sua derrota à reeleição, além da dos aliados,  incluindo aí Jair Bolsonaro,  ao “governismo” do Nordeste.

Cássio tentou associar o fenômeno eleitoral que deu ampla vitória à esquerda na região, em 2018, ao que aconteceu nas eleições de 1982, no final da ditadura, quando a região elegeu todos os governadores do PDS, então partido da ditadura civil-militar. Nenhuma menção foi feita às mudanças que governos como o de Ricardo Coutinho promoveram na forma de administrar, o que impactou na cultura política paraibana.

Além disso, nas disputas internas do PSDB navional, Cássio deixou claro seu alinhamento ao governador de São Paulo, João Doria, ou seja,  à banda do PSDB que quer apoiar o governo Jair Bolsonaro. Antes ele falou em identidade com as propostas do novo governo.

Realmente,  Cássio perdeu o rumo e vai ser difícil encontrá-lo novamente .

FONTE:Leiaflaviolucio.com.br

[related_post]