Casal acusado de pedofilia na PB é preso em SP; mãe fazia sexo oral em filho de quatro anos

8 jun 2019

Após investigações da Polícia Civil da Paraíba, um casal acusado de envolvimento com abuso sexual de crianças foi preso no Estado de São Paulo.

Os crimes ocorreram na cidade de Areia, no interior da Paraíba, e foram descobertos durante uma investigação da Polícia Civil da Paraíba.

Leanio Santos de Almeida e Samira Teresa da Silva foram presos por policiais civis de São Paulo. Com eles, foram encontrados computadores e celulares com material pornográfico .

De acordo com informações repassadas pelo delegado Danilo Orengo, as prisões fazem parte de investigação realizada pela Delegacia Municipal de Areia.

Ele explica que em julho do ano passado, a polícia recebeu denúncia sobre um crime de estupro vulnerável praticado conta uma criança de apenas quatro anos de idade pela própria mãe.

“As investigações tiveram início após uma testemunha procurar a delegacia e apresentar um vídeo recebido pelo WhatsApp no qual a mãe praticava sexo oral no próprio filho”, revelou o delegado.

Após investigações, a polícia identificou e prendeu a mulher que aparece do vídeo. Na delegacia, ela afirmou que havia se envolvido com Leânio e ele exigia que ela praticasse os abusos com a criança como ” prova de amor” . Os vídeos eram encaminhados também a Samira, mulher de Leânio.

Após prender a mãe da criança, a Polícia Civil da Paraíba pediu à Justiça a prisão preventiva do casal que morava em São Paulo.

A justiça da Paraíba decretou a prisão e os dois foram presos numa ação de combate à pedofilia.

O casal também é acusado por um outro estupro de vulnerável envolvendo um menor de 14 anos. As prisões ocorreram nessa quinta-feira (6).

[related_post]