70% da população carcerária do estado é recadastrada; 40% dos recadastrados cumpre prisão provisória

15 maio 2018

A Paraíba já atualizou o cadastro de 70% da população carcerária do estado, de acordo com dados do Conselho Nacional de Justiça. Segundo as informações do Banco Nacional de Monitoramento de Prisões divulgados nesta terça-feira (15), até esta fase do trabalho o estado tem 2.452 mandados de prisão não cumpridos, sendo que 16 dos alvos são considerados foragidos.

A população carcerária já recadastrada chegou a 8.211 presos e o levantamento indica que 3.312 deles estão na fase de prisão provisória, com outros 4.896 condenados. Isso significa que 40% da população carcerária no estado ainda não passou por julgamento. Já as mulheres representam apenas 4% da população carcerária paraibana.

O Banco foi criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para tentar resolver o problema do grande volume de mandados de prisão em aberto. Em março, eram 13.896 em toda a Paraíba, sendo cerca de 8 mil deles nas varas de João Pessoa. Até a fase atual do trabalho este número caiu para cerca de 30%. O Banco pretende atualizar as informações da população carcerária para identificar quantos mandados se referem a pessoas que ainda não foram presas. O trabalho na Paraíba está sendo realizado por uma comissão de servidores do Tribunal de Justiça.

[related_post]